CIDADE

Curso de Enfermagem da Urca de Iguatu realiza mobilização em defesa das prerrogativas dos profissionais de enfermagem


O Curso de Enfermagem da Universidade Regional do Cariri - Unidade Descentralizada de Iguatu, realizou na manhã desta terça-feira (10) manifestação contra decisão da Justiça Federal de Brasília que proibiu os profissionais em enfermagem de requisitar consultas e exames na atenção básica e a revalidar receitas médicas no âmbito da atenção básica de saúde.

O ato contou com a participação da Direção da Unidade, Coordenação, Centro Acadêmico, professores e estudantes, como também de profissionais enfermeiros atuantes na Estratégia Saúde da Família do município.

Sobre a ação

A ação que limita a atuação dos enfermeiros foi interposta pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), sob o argumento de que essas tarefas são atribuições exclusivas do médico. "Permitir que outro profissional exerça tal atividade é colocar em risco a qualidade do atendimento, afirmou o presidente do CFM, Carlos Vital. De acordo com ele, mesmo a renovação de receitas já concedidas deve ser realizada por um médico ou sob sua supervisão. "O que se viu, na prática, é que enfermeiros vinham desempenhando a atividade sem qualquer tipo de acompanhamento", observou.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.