CIDADE

Representante de movimentos sociais é demitido da prefeitura de Iguatu após reivindicar moradias


O representante do movimento dos Trabalhadores Sem Teto de Iguatu, Antônio Alves da Silva esteve na terça-feira (28) na Câmara Municipal, juntamente com várias pessoas para reivindicar a construção de moradias populares para centenas de famílias que estão assentadas em terrenos públicos do município de Iguatu.

São mais de 900 famílias espalhadas pelos bairros Vila Neuma, Filadélfia, Altiplano, Areias, Chapadinha e João Paulo II, que após o anúncio da construção de 899 moradias Faixa 1, através do Programa Minha Casa Minha Vida, resolveram cobrar um posicionamento da Prefeitura de Iguatu.

Antônio Alves é mais conhecido por Café, e ao usar a tribuna da Câmara, fez uma revelação surpreendente. Ele informou que era lotado na Secretaria da Assistência Social da Prefeitura de Iguatu, e que após comparecer ao poder legislativo para solicitar mais informações sobre o programa de moradias, foi demitido do cargo. 



O representante dos sem tetos pediu atenção dos parlamentares para a situação de centenas de pessoas que estão morando em condições desumanas, abrigadas em barracas cobertas por plástico e papelão. Sobre a escolha dos terrenos para a construção das novas moradias, Café posicionou totalmente contrário e apresentou diversos argumentos. 




Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.