REGIONAL

Ex-prefeito de Icó é condenado pelo TCU e terá de devolver R$ 382 mil aos cofres do município


O ex-prefeito de Icó Jaime Júnior foi condenado novamente pelo Tribunal de Contas da União (TCU), em Brasília, e será obrigado a devolver mais de R$ 382 mil reais aos cofres públicos do município.

Em tomada de contas especial, o tribunal revelou que o contrato da gestão do ex-prefeito com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para a construção de 300 cisternas de placas no município de Icó, não foi executado, ou seja, os equipamentos não foram instalados como previa o contrato.

Diante da irregularidade, o tribunal desaprovou as contas da gestão de João Jaime e o condenou a ressarcir o município de Icó pelo prejuízo. O ex-prefeito ainda é réu em ação de improbidade administrativa, protocolada na Comarca de Icó.

Na decisão, o TCU também desaprovou as contas do vereador Evandro Júnior e o condena a ressarcir os cofres de Icó uma quantia de R$ 6.724,27.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.