REGIONAL

Juiz dá voz de prisão a servidor de posto Detran-CE após não obter serviço

O servidor público foi levado ao 13º Distrito Policial, no Bairro Cidade dos Funcionários.
Um juiz federal deu voz de prisão a um servidor do Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE) nesta quinta-feira (28) em posto do órgão após ele supostamente não executar um serviço solicitado. O funcionário do órgão foi levado ao 13º Distrito Policial, no Bairro Cidade dos Funcionários.

De acordo com o Detran-CE, o juiz queria transferir um veículo do Espírito Santo para o Ceará. Contudo, na hora do atendimento, o sistema do Espírito Santo estava fora do ar, o que impediu de realizar o procedimento.

O juiz, então, pediu uma declaração ou certidão emitida pelo Detran, informando o horário e a data em que ele esteve na unidade e não pode ser atendido. O funcionário informou que o juiz deveria formalizar o pedido da certidão, documento que pode levar até cinco dias para ser emitido.

O magistrado insistiu na emissão imediata do documento e solicitou a presença da polícia para prender o atendente, por volta das 17h30. A equipe da polícia chegou ao local por volta das 20h.

Na delegacia, ainda de acordo com o Detran, o juiz pediu ao delegado para abrir o procedimento de queixa. A polícia ainda não se manifestou sobre o caso.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.