CIDADE

Cada sessão da Câmara Municipal de Iguatu custa em média R$ 56 mil reais


Um levantamento feito no Portal da Transparência, com dados do mês de janeiro de 2018, mostra que cada sessão realizada pela Câmara Municipal de Iguatu custa aos cofres da cidade cerca de R$ 56 mil reais. São oito sessões ordinárias mensais, a um custo médio de R$ 452 mil, recurso relativo ao duodécimo municipal.

O duodécimo é o valor que o Poder Executivo Municipal repassa para a Câmara de Vereadores para custear as necessidades do Poder Legislativo. O valor é definido pela Constituição Federal e é direito da Câmara ter à sua disposição, até o dia 20 de cada mês, as dotações orçamentárias destinadas pela lei.  

No ano passado, a Câmara de Iguatu recebeu de duodécimo um montante de R$ 5.359.530,62. Desse valor, foram pagos R$ 3.392.425,00 com pagamento de folha de servidores da ativa, incluindo cargos contratados, comissionados, assessorias, servidores efetivos e subsídio de vereadores. 

O poder Legislativo de Iguatu atualmente é composto por 17 vereadores. 




Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.