POLICIAL

Acusado de mandar matar ex-esposa é preso pela Polícia Civil com 10 quilos de drogas


Um trabalho de investigação da Polícia Civil de Pedra Branca, no interior do Ceará, culminou com a prisão de um homem apontado como mandante do assassinato da ex-esposa, Francisca Rosilene Soares Martins, de 30 anos. O crime ocorreu no dia 8 de agosto do ano passado, quando ela estava em um ponto de ônibus.

De acordo com informações da Polícia Civil ele foi identificado como Antonio Silvano Anchieta, 43 anos, vulgo “Chega Mais“. Em poder dele os policiais apreenderam 10 quilos de maconha, 700 gramas de cocaína e outros objetos para uso de embalagem de drogas.

A prisão de “Chega Mais” ocorreu durante a “Operação Fachada“. A Justiça decretou a prisão preventiva dele. Ao darem cumprimento ao mandado judicial as drogas e ainda bebidas alcoólicas e energéticos foram encontradas na residência da ex-companheira, utilizada por ele como fachada para o tráfico, daí o título da Operação.

A Polícia Civil ainda informou que foram reunidas provas de que “Chega Mais” teria encomendado a morte da ex-companheira, por motivos passionais, fazendo parecer um latrocínio, quando há roubo seguido de morte. Entretanto, apenas o telefone celular da vítima foi levado. Havia dinheiro na bolsa, mas não foi levado pelo assassino. 

Nas investigações os policiais civis descobriram que o suspeito continuava a praticar o comércio ilícito de entorpecentes, uma vez que já teria sido condenado por tal delito. Ele já tinha quatro passagens por tráfico de drogas, uma por favorecimento pessoal e uma por oferecer bebida alcoólica para menor de idade. A ordem para execução da esposa teria partido de dentro da cadeia pública da cidade no período em que ele estava preso.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.