POLITICA

Prefeito de Iguatu usa máquina administrativa para tumultuar evento do Governo. Camilo fica indignado

Em frente ao palanque era visível a presença de cargos comissionados da Prefeitura para tumultuar o evento.
O prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, poderá ser alvo de mais uma investigação pelo Ministério Público Estadual por uso da máquina administrativa para promoção pessoal e para a prática de ofensas contra adversários políticos em evento do Governo, usando servidores pagos com dinheiro público.

Na manhã desta quinta-feira, 10, durante um evento do Governo do Estado para inaugurar uma escola de ensino médio no distrito de José de Alencar, o prefeito Ednaldo colocou toda a máquina administrativa – cargos comissionados, contratados, prestadores de serviços, a serviço para tentar atrapalhar  a presença e participação do deputado Agenor Neto no evento. Agenor, inclusive, deputado mais votado em Iguatu, era convidado especial do governador Camilo Santana no evento, e chegou ao local recebido com festa pela população.

A estratégia de Ednaldo para impedir a presença de Agenor Neto no palanque funcionou como um tiro no pé. Camilo chegou ao evento e não gostou da marmota aprontada pelo grupo do prefeito de Iguatu, e ameaçou ir embora sem sequer descerrar a placa de inauguração da obra. O clima ficou tenso. Temendo a integridade física, o deputado Agenor Neto preferiu não subir no palanque. Camilo foi o único que chegou a falar, por sinal um discurso breve e sereno. Agradeceu ao povo de Iguatu e foi embora “Que decepção, disse Camilo ao subir no helicóptero”. 

Deputado Agenor Neto foi recebido com festa pela população do distrito de José de Alencar


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.