REGIONAL

Mulher acusada de matar companheiro em Iguatu é presa na cidade do Crato

Josefa Tainar da Silva Lopes, de 22 anos, acusada de assassinar o próprio companheiro
A equipe de investigação da Delegacia de Polícia Civil de Iguatu cumpriu mandado de prisão preventiva contra Josefa Tainar da Silva Lopes, de 22 anos, acusada de assassinar o próprio companheiro no sítio Lagoa Seca, na periferia de Iguatu. O crime ocorreu no dia 19 de fevereiro de 2017.

A acusada foi presa no sítio Corujas, no bairro Lameiro, na zona rural da cidade de Crato, no Cariri. Em depoimento prestado ao delegado de polícia civil, Wesley Alves, Tainar Lopes confessou o crime. "Ela contou que usou uma faca tipo "serrinha" para desferir o golpe na vítima", disse o delegado.

Segundo a Polícia, Tainar Lopes teria discutido com seu companheiro, José Félix de Oliveira, de 53 anos, e acabou atingindo a vítima com várias facadas, ocasionando sua morte imediata. "Josefa Tainar passou cerca de um ano e 10 meses foragida, mas foi presa e agora irá responder na Justiça pelo crime de homicídio doloso qualificado (com intenção de matar). A pena pode variar de 12 a 30 anos de reclusão”, disse o delegado.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.