NACIONAL

Governo quer aprimorar mecanismos de controle na concessão do Bolsa Família


O número de beneficiários do Bolsa Família diminuiu levemente no país, saindo de 13,8 milhões em setembro de 2013 para 13,7 milhões em setembro do ano passado. O Ministério da Cidadania informou que está aprimorando os mecanismos de controle do programa.

Segundo tese de doutorado da pesquisadora do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Elaine Licio, apresentada na UnB, o Bolsa Família beneficiou eleitoralmente o PT, partido que instituiu o programa ainda no primeiro mandato do ex-presidente Lula, conforme tese de doutorado da pesquisadora do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Elaine Licio, apresentada na UnB. 

Na pesquisa, ela aponta que os beneficiários do programa tenderam a votar mais em Lula, além de avaliar seu governo e trabalho de uma forma mais positiva do que os não beneficiários.

Juntos, PT e MDB representam 41% da redução de beneficiários do Bolsa Família filiados a partidos entre 2013 e 2018 — que foi de 65,3 mil. O total de filiados no programa saiu de 440 mil em 2013 para 374 mil no ano passado. No mesmo período, o total de filiados a legendas no Brasil subiu, de 15 milhões para 16 milhões.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.