CIDADE

Indicação de parentes para cargos públicos nas prefeituras do Ceará prolifera. Iguatu é destaque


Nos últimos anos, cresceu o discurso em defesa da moralidade entre os mais diferentes atores políticos do país, principalmente durante as campanhas eleitorais.

Apesar disso, a sintonia entre o discurso e a prática anda bem longe de ser o ponto ideal, e mesmo sob forte vigília dos órgãos fiscalizadores, prefeitos de muitas cidades cearenses continuam nomeando parentes para os mais diversos cargos em suas administrações.

O Ministério Público do Ceará e o Tribunal de Contas do Estado têm entrado nessas questões, promovendo ações para inibir essa farra das indicações de familiares nas prefeituras do Ceará.

Reportagem do Diário do Nordeste, edição desta segunda-feira (29), fez um levantamento entre os dez maiores e os dez menores municípios do Estado e constatou que as indicações são feitas tanto para cargos de secretários, como para os chamados comissionados.

No levantamento foram verificados casos de familiares de gestores nas prefeituras de Caucaia, Maracanaú, Juazeiro do Norte, Reriutaba, Itapipoca, Pacatuba, Pedra Branca, Iguatu, dentre outros.

Em Iguatu, segundo o jornal, o prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor (PDT), nomeou o irmão, Francisco Valdemir Lavor para o cargo de supervisor especial de transportes, lotado na Secretaria de Governo. 

O caso chegou ao conhecimento do Ministério Público, que tomou as medidas cabíveis. De acordo com o secretário de Governo, Tácido Cavalcante, o irmão do prefeito já foi exonerado do cargo, assim como outros parentes do prefeito que estavam na gestão. “Atendemos à orientação do Ministério Público, mesmo compreendendo que não há impedimento legal”, disse. 

Em Quixadá, no Sertão Central, o prefeito Hilário Marques (PT) foi alvo de uma ação civil pública pelo Ministério Público, por nepotismo. Em 2017, o gestor que à época era presidente do Consórcio Público de Saúde, designou Milton Xavier, genro dele, para ocupar o cargo comissionado de diretor executivo do consórcio. 


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.