REGIONAL

Prefeito de Pedra Branca vai continuar afastado do cargo


O Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE) manteve o afastamento do prefeito de Pedra Branca, Antônio Góis, em julgamento nesta terça-feira (2). O gestor está afastado do cargo desde setembro de 2018, acusado de participar de uma organização criminosa que tinha como objetivo cometer crimes contra a administração pública. Os atos ilícitos teriam ocorrido durante a gestão do prefeito entre 2009 e 2012.

Para o magistrado que relatou o recurso, não há ilegalidade no afastamento, já que há prova suficiente para a abertura das investigações contra o prefeito. O desembargador argumentou ainda que “deve ser afastada a alegação de ausência de justa causa para a ação penal, uma vez que há fortes indícios da participação do paciente nos fatos narrados, não sendo a via estreita do habeas corpus própria para as questões trazidas”.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.