NACIONAL

Ministro do STJ manda prender desembargadora da Bahia


O ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), a pedido de representantes do Ministério Público Federal, determinou a prisão da desembargadora Sandra Inês Moraes Rusciolelli Azevedo do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA).

O mandado foi cumprido ainda nesta terça-feira (24) pela Polícia Federal (PF). Também foram presos dois advogados, um deles, filho da desembargadora, e apontado como operador do esquema de venda de sentenças instituído no TJBA. A ação marcou o início da 5ª fase da Operação Faroeste.

As investigações realizadas por meio de ação controlada e gravações comprovaram que a desembargadora recebeu R$ 250 mil em propina para favorecer o produtor rural em processo litigioso envolvendo terras no oeste baiano.

De acordo com o MPF, a atividade ilícita perdurou mesmo após a deflagração da Operação Faroeste, que resultou no afastamento e na prisão preventiva de desembargadores e juízes do TJBA, tendo sido realizada a entrega do dinheiro no último dia 17 de março.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.