REGIONAL

Iguatu recebe reforço especializado da Polícia Militar a proteção aos grupos vulneráveis


A Polícia Militar do Ceará iniciou nesta quinta-feira (3) os trabalhos do Grupo de Apoio às Vítimas de Violência (GAVV). A equipe especializada vai atuar no acompanhamento de crianças, mulheres e idosos que estejam inseridas em um contexto de violência na região. 

A equipe do GAVV é formada por um policial militar mulher e dois policiais militares homens. A principal vertente da composição é o Ronda Maria da Penha, responsável por acompanhar mulheres vítimas da violência doméstica que estão sob medida protetiva em cada território como também àquelas que aguardam a concessão do mecanismo de proteção.

Desde maio de 2020, a Polícia Militar do Ceará, por meio do GAVV, e a Polícia Civil, por meio de suas delegacias, iniciaram uma ação pioneira no país e que chega agora ao Centro Sul do Estado. Quando uma vítima denuncia um crime de violência doméstica, ela já passa a ser acompanhada de imediato pelo órgão.

Hoje, ao registrar um Boletim de Ocorrência (BO) em uma Delegacia de Defesa da Mulher ou em qualquer unidade da Polícia Civil, ela também pode solicitar, além da medida protetiva, o acompanhamento da equipe especializada. A informação é enviada pela Polícia Civil à Polícia Militar, que inicia as visitas no intuito de acompanhar a rotina da mulher. Além da vítima, os policiais militares também realizam um trabalho junto ao agressor para evitar o surgimento de novos casos.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.