POLICIAL

Ministério Público pede prisão de homem que mantinha a mãe em cárcere privado

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) pediu a prisão preventiva de um homem autuado por manter a mãe em cárcere privado há mais de um ano, no município de Boa Viagem. 

O promotor do caso, Alan Moitinho Ferraz, pediu à Justiça que a prisão em flagrante fosse convertida em reclusão preventiva.

O acusado do crime foi preso e autuado em flagrante no dia 20 deste mês. O criminoso, de 41 anos, mantinha a mãe, uma idosa de 83 anos, e mais duas irmãs com deficiência em cárcere privado, impedindo as vítimas de ter condições mínimas de sobrevivência. Além disso, ele era o responsável pelo o recebimento do benefício da mãe e das irmãs.

Segundo o promotor de Justiça, Alan Moitinho Ferraz, a periculosidade do acusado é alta e ficou clara nos relatos e fatos apresentados.

As investigações tiveram início após denúncias feitas por uma das filhas da vítima que não morava na propriedade. Ela informou aos policiais que seu irmão não permitia que a mãe e suas outras irmãs saíssem de casa. 

A Polícia Civil, então, realizou diligências e constatou que outros familiares e os vizinhos só tinham acesso as vítimas através de um buraco feito na parede que dá acesso ao quintal da casa.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.