REGIONAL

Justiça condena a 20 anos de cadeia mulher que mandou matar o marido


O Conselho de Sentença do Tribunal do Júri de Quixeramobim, no Sertão Central, condenou em sessão que durou 15 horas, a ré Márcia Maria Correia Couto por homicídio qualificado. Ela foi acusada de ser a autora intelectual da execução do marido, o empresário André Luís de Araújo Batista, assassinado com seis tiros, no dia 23 de outubro de 2015.

A juíza Kathleen Nicola Kilian, que presidiu a sessão, fixou a pena em 20 anos de reclusão, a ser cumprida, inicialmente, em regime fechado.

Durante a sessão de julgamento, os jurados reconheceram o motivo torpe do crime, uma vez que a ré foi motivada por razões financeiras, pois não queria dividir os bens com o marido, após a separação.

O empresário teve as mãos amarradas e foi assassinado com cinco tiros na cabeça, dentro da própria casa. Dois homens que estavam em um automóvel Renault Logan foram apontados como os suspeitos de serem os executores. Um homem e uma mulher deram apoio à ação criminosa em uma moto.

 

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.