OPINIAO

OBSERVADOR POLÍTICO: Ciro pede 'generosidade' de Lula


Ciro e a generosidade de Lula

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse nesta terça-feira (6) que pode apoiar o ex-ministro Ciro Gomes caso ele se mostre competitivo contra o presidente Jair Bolsonaro.

O tucano afirmou que o também ex-presidente Lula deveria passar o bastão, pelo fato do petista não ter novidades para trazer ao país.

Em Março, FHC disse que numa hipotética disputa de segundo turno entre Lula e Bolsonaro, ele votaria no petista, ou seja, a opção menos ruim.

**********

E por falar em Ciro Gomes, o pedetista sugeriu, nesta segunda-feira (5) que o ex-presidente Lula deveria ter generosidade e concorrer como vice-presidente em 2022. 

Ciro ponderou que se Lula se candidatar à presidência novamente seria correspondente a se espelhar nos “exemplos desastrados” do ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, e do ex-presidente da Bolívia, Evo Morales.

A sugestão de Ciro, em tese, dificilmente poderá acontecer, já que o PT e o próprio ex-presidente Lula se acham os únicos capazes de governar o país, embora a experiência de 14 anos de poder não foi tão boa assim para o povo. 

**********

No dia em que holofotes se voltaram para os 4 mil óbitos, que tiveram os registros represados devido ao feriadão de Páscoa e o “feriadaço” paulista, o Brasil bateu recordes da vida na guerra ao coronavirus. 

Foram mais de 950 mil pessoas vacinadas com a primeira dose e quase 312 mil com a segunda dose, o que levou ao recorde disparado de cerca de 1,26 milhão de pessoas vacinadas, em apenas 24h.

Só China, Índia, EUA e Brasil bateram a marca de um milhão de doses em 24h. Do grupo, só o Brasil não é grande produtor de vacinas.

********

O Senado aprovou nesta terça-feira (6) projeto de lei que prorroga até o dia 31 de julho o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda ano base de 2020.

No entanto, está mantido o cronograma para a restituição do Imposto de Renda, com o primeiro lote previsto para 31 de maio. O projeto foi aprovado de maneira simbólica pelos senadores e deve retornar para a Câmara por conta da alteração do projeto pelo Senado.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.