NACIONAL

Ministério da Saúde confirma duas primeiras mortes causadas pela variante indiana da COVID


O Ministério da Saúde confirmou as duas primeiras mortes causadas pela variante indiana da COVID-19.

A primeira vítima, uma gestante de 42 anos, residente do Japão que veio ao Brasil. Ela foi internada no dia 15 de abril e faleceu no dia 18. A morte foi registrada no Paraná.

O segundo óbito foi de um homem de 54 anos que era tripulante de um navio chinês.

A variante indiana, conhecida como “Delta” é mais transmissível que às já registradas. A cepa causa dores de cabeça, garganta, coriza e febre. Seus sintomas são diferentes da cepa originária, que geralmente apresenta febre, perda do olfato ou paladar, além de tosse.

 

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.