POLITICA

Bolsonaro veta Fundo Eleitoral que prevê aumento de R$ 5,7 bilhões


O presidente da República Jair Bolsonaro decidiu, nesta sexta-feira (20), vetar integralmente o artigo da Lei de diretrizes Orçamentárias, aprovado pelo Congresso, que determinava o aumento do chamado Fundo Eleitoral dos atuais R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões.

A decisão do presidente foi oficializada após uma reunião com os ministros da Casa Civil, Ciro Nogueira e o ministro da Economia, Paulo Guedes. Agora, o novo valor do fundo será definido na votação do Orçamento Geral da União.

A equipe econômica do governo defende a correção pela inflação do valor estipulado para as eleições de 2018, ou seja, um aporte no valor de R$ 2,1 bilhões.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.