Prefeito de Granjeiro retorna ao cargo um dia após afastamento


O prefeito de Granjeiro, Ticiano Tomé, foi reintegrado ao cargo nesta terça-feira, 18, após afastamento provisório de 90 dias decretado em sessão da Câmara Municipal de Vereadores, ocorrida nessa segunda-feira, na qual seis parlamentares votaram a favor do afastamento e três contra.

O Juízo da Vara Única da comarca de Caririaçu entendeu que o afastamento foi feito "com arbitrariedade e em desconformidade com as normas jurídicas" e determinou a recondução imediata do prefeito ao exercício de suas funções, suspendendo a decisão anterior dos parlamentares.

A sessão que definiu o afastamento de Tomé, empossou o presidente da Câmara, Luis Marcio Pereira (PMN), e foi transmitida pelas redes sociais. Ao final, a população presente no local aplaudiu a decisão sob gritos de “justiça”.

Ticiano Tomé e seu pai, Vicente Felix, são suspeitos de envolvimento no assassinato do ex-prefeito de Granjeiro, João Gregório, o João do Povo, morto com três tiros no dia 24 de dezembro, véspera de Natal, enquanto caminhava nas proximidades do Açude do Junco.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Policial

Facebook