REGIONAL

Policial militar é suspeito de matar segurança na cidade do Crato

Um policial militar é suspeito de ter matado um supervisor de segurança na madrugada desta segunda-feira (01), no parque de exposições do municipio do Crato, a 506 km de Fortaleza.
Morto a tiros, Eduardo de Carvalho Sousa tinha 36 anos, era casado e pai de uma adolescente de 13 anos. O cunhado dele, Antônio Luciano da Silva, afirma que o segurança estava de folga no domingo.

Lotado no 2º Batalhão da Polícia Militar, responsável pelas regiões do Cariri e Centro-sul do Estado, o suspeito está sendo ouvido pelo delegado Flávio Santos, da Delegacia Regional do Crato. Além de ouvir testemunhas, câmeras de circuito interno de segurança do parque vão ajudar na investigação e podem até apontar a identidade do autor do crime, segundo o delegado.

O policial está sendo apontado por ter sido visto em seu carro dentro do parque na noite deste domingo (31/07). O advogado do suspeito confirma que o policial militar conhecia a vítima e confirmou que seu cliente deu uma carona ao segurança na noite de domingo. No entanto, o advogado alega que o policial nega o crime e diz que seu cliente tomou conhecimento da morte apenas na manhã desta segunda-feira (01/08).



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.