POLITICA

Novo ministro da Educação afirma que reforma do ensino médio será desafio

Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil
Durante a cerimônia de transmissão de cargo realizada nesta sexta-feira (2), o novo ministro da Educação, Cid Gomes, disse que a reforma do ensino médio é um dos desafios a ser enfrentado durante sua gestão na pasta.

Para o ex-governador do Ceará, a mudança deve contar com o apoio dos docentes. “No ensino médio temos um desafio especial, que é, além de ampliar o acesso, reformar o seu currículo, compreendendo as características regionais de cada estado e município brasileiro. Para que tenhamos êxito será necessário todo o apoio de professores e universidades”, afirmou.

Aos professores, Cid disse estar aberto ao diálogo com a categoria. “Meu gabinete estará sempre aberto para receber conselhos, críticas e ajuda”, declarou.

Em seu discurso de posse, o novo ministro fez referência ao novo lema do Governo, apresentado pela presidente Dilma Rousseff na última quinta-feira (1): “Brasil, pátria educadora”. Cid Gomes lembrou que na segunda gestão da presidente, educação será prioridade.

Segundo o discurso do ministro, as principais metas de sua gestão são: Ampliar as vagas de ensino em tempo integral e o atendimento a crianças até 3 anos de idade nas creches, além de universalizar o acesso das crianças de até 5 anos à pré-escola, melhorar a qualidade do ensino fundamental e continuar a expansão do ensino superior.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.