CIDADE

Católicos de Iguatu lotam igrejas para a celebração de Missa das Cinzas

A igreja de N. S. do Perpétuo Socorro ficou lotada para a missa de Cinzas
presidida pelos padres Afonso Queiroga e Anastácio Ferreira. 
Após quatro dias de folia, os católicos agora são chamados a participar de um período de jejum, esmola e oração. É a Quaresma, que começou hoje  com a Missa da Quarta-Feira de Cinzas, e prossegue pelos próximos 40 dias, até Domingos de Ramos, que abre as celebrações da Semana Santa.

Para os católicos, a Quaresma é um tempo de preparação para os festejos da Páscoa. Em todas as nove dioceses do Ceará houve celebração da liturgia das Cinzas.

Em Iguatu, na manhã de hoje, às 6 horas, o padre Afonso Queiroga presidiu a tradicional Missa das Cinzas, celebrada na Igreja de Nossa senhora do Perpétuo Socorro, no Prado.  Na Igreja Matriz de Senhora Sant'Ana, a cerimônia foi presidida pelo pároco Carlos Roberto. A cerimônia consiste em fazer a imposição de cinzas, em forma de cruz, na testa dos fiéis. O ato é sinal de penitência. Ao impor as cinzas, o celebrante expressa “convertei-vos e crede no Evangelho”.

Padre Afonso Queiroga lembrou que a  Quaresma é um período propício de conversão, reflexão e caridade. “É um tempo de retiro espiritual, de preparação e crescimento na fé”, destacou. “Os cristãos são chamados a sair de uma vida superficial, do pecado”. O religioso propôs uma mudança radical: “Que essa Quaresma não seja simplesmente mais uma na vida de cada cristão, mas que traga transformações, segundo as lições de Jesus Cristo”, destacou.

Campanha da Fraternidade

Padre Lázaro Augusto fez o lançamento da Campanha da
Fraternidade.
“Igreja e Sociedade” é o tema. “Eu vim para servir”, é o lema da Campanha da Fraternidade deste ano que foi lançada hoje em rede de rádios de Iguatu pelo administrador diocesano padre Lázaro Augusto.

De acordo com o religioso, a ideia é aprofundar, a partir do Evangelho, o diálogo e a colaboração entre a Igreja e a sociedade como serviço ao povo brasileiro. "A campanha propõe ainda buscar novos métodos, atitudes e linguagens na missão da Igreja de levar a palavra a cada pessoa", disse. 



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.