CIDADE

Ex-deputado Marcelo Sobreira manda “cortar as asas” de correligionário político. A briga tá feia.

O ex-suplente de deputado estadual Marcelo Sobreira (PDT) mandou seus comandados cortar as asas do pré-candidato a prefeito de Iguatu, Marnewton Pinheiro (PDT). 

Sobreira está enciumado porque o seu correligionário, que por sinal é médico, andou fazendo incursões nas comunidades rurais de Iguatu pedindo votos e, recentemente, realizou um jantar de confraternização no Hotel Diocesano com dezenas de convidados, prestigiado até pelo deputado federal Odorico Monteiro (PT). 

As más línguas políticas comentam que a briga dentro do grupo de oposição tá feia. O vice-prefeito Ednaldo Lavor (PDT), sumido dos holofotes, tem batido o pé, e diz que quer ser o candidato a prefeito de Iguatu. Marnewton Pinheiro tem as mesmas pretensões, no entanto precisa resolver sua situação com a Justiça de Juazeiro do Norte, situação que por sinal não é boa. Mas isso fica para outra oportunidade.

Acontece que Marcelo Sobreira não aceita os dois pretensos, e quer colocar o nome da deputada e atual secretária de Estado, Mirian Sobreira (PROS), para disputar pela terceira vez o pleito. 

É bom lembrar que Mirian Sobreira foi derrotada em duas vezes consecutivas. Na primeira, em 2008, concorreu com o então candidato a reeleição Agenor Neto, e levou uma surra de mais de 12 mil votos. Na segunda tentativa, em 2012, disputou contra o atual prefeito Aderilo Alcântara e foi derrotada por uma maioria de mais de 10 mil votos.

Convém observar: Marcelo Sobreira é raposa velha na política local. E é conhecido pelo gesto centralizador e autoritário. Não costuma dar “murros” em ponta de faca. Num ato de esperteza, Sobreira filiou a maioria dos políticos de oposição em um mesmo partido político, o PDT. E vai levar isso até o prazo final das convenções, quando deve dar o seu veredicto, que com certeza só será bom pra ele.


  

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.