REGIONAL

Membros das diretorias de hospitais estaduais entregam os cargos

Todos os membros da diretoria do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e a diretora-geral do Hospital de Messejana entregaram os cargos nesta quarta-feira (6) alegando descontentamento com a centralização da gestão administrativa e financeira das unidades pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa). 

Os gestores também atribuem a decisão a dificuldades de comunicação com o órgão desde a posse do secretário Henrique Javi, em agosto do ano passado.

No HGF, renunciaram o diretor-geral, Romero Esmeraldo; a diretora administrativa, Maria de Lourdes da Mota Lima; a diretora técnica, Eliene Romero; e o diretor médico, Sérgio Pessoa. Já no Hospital de Messejana, apenas a diretora-geral, Filadélfia Passos Rodrigues, anunciou que deixaria o cargo.

De acordo com as diretorias, a centralização da gestão estaria prejudicando o reabastecimento de medicamentos e insumos nas unidades e o pagamento de funcionários. Outra queixa é a falta de reconhecimento e a perda de autonomia dos gestores.

Posição

Em nota, a Sesa informou que a gestão administrativa dos hospitais foi centralizada na Superintendência de Apoio à Rede de Unidades (SRU) no intuito de priorizar e qualificar o atendimentos aos pacientes.

Sobre a mudança de gestores, a secretaria se limitou a afirmar que "entende que em todo processo de inovações há adaptações ou inconformidades".

(DN)

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.