CIDADE

Comitê Gestor do Trussu autoriza uso da água para “irrigação de salvação”

Com o objetivo de apresentar aos membros da Comissão uma demanda de pequenos irrigantes e piscicultores de Iguatu, para negociar a irrigação de culturas permanentes por três dias na semana e salvar as plantações dos pequenos agricultores, aconteceu uma Reunião Extraordinária da Comissão Gestora do açude Roberto Costa (Trussu), no dia 13 de dezembro, no auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Iguatu.

O gerente da Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh)/Iguatu, Lauro Filho, apresentou as informações técnicas sobre o açude Trussu, que se encontra hoje com 14,7% de sua capacidade, restando 13,94 m³ para atingir o volume morto e ressaltou que o trecho perenizado pelo açude está sendo constantemente monitorado para garantir os usos prioritários.

Após o debate, a Comissão Gestora acatou ao pleito apresentado, definindo as seguintes regras:
- A área irrigada deve ser de até 2 hectares;
- A irrigação visa: o salvamento de culturas permanentes
- As regras se aplicam no trecho da tomada d’água do açude até a Barreira dos Constantinos;
- As regras são válidas até o dia 15 de janeiro de 2017;
- O período permitido para captação inicia às 17:00h da sexta-feira e encerra às 17:00h da segunda-feira;
- Caso o abastecimento da Barreira dos Constantinos seja prejudicado ou algum irrigante descumpra o acordo, haverá a suspensão imediata das irrigações.

Estiveram presentes 14 membros da Comissão Gestora, a deputada estadual, Miriam Sobreira, o vereador, Mário Rodrigues, representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Iguatu, Associação dos Agricultores Familiares de Iguatu e Associação Comunitária de Cavaco. Representando a Cogerh/Iguatu estiveram os analistas, Isabel Cavalcante e Anatarino Torres, o técnico de gestão, Gutemberg Fernandes e a estagiária, Rayanne Silva.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.