POLICIAL

Violência: Assassinatos crescem 65% no Ceará em maio

O crescimento de mortes violentas no Ceará chegou ao seu pior índice do governo Camilo Santana, no mês de maio. Foram registrados 471 crimes violentos letais intencionais, que englobam homicídios e lesões corporais seguidas de morte. Conforme informações da Secretaria de segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o índice de maio de 2017 é 65% maior que em igual período de 2016.


As ocorrências ultrapassaram até mesmo o primeiro mês da gestão do atual Governo, que tinha sido pior até agora, quando foram registradas 431 mortes violentas. Fortaleza e Região Metropolitana lideram os indicadores, segundo as estatísticas da SSPDS.

O secretário da Segurança Pública, André Costa, assumiu que o Estado enfrenta dificuldades. Ele pede o apoio da população aos policiais que estão na rua. "Os números falam por sí só. É um momento difícil que passamos e não é por falta de trabalho e empenho. Trabalho tem tido. São quase 50 prisões por dia no Estado. Os dados também mostram trabalho positivo", disse.



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.