POLICIAL

Ceara registra uma média de 2.300 crimes violentos nos seis primeiros meses de 2017


O Ceará encerrou o primeiro semestre do ano com, aproximadamente, 2.300 crimes violentos letais intencionais (cvlis) - homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. Nas estatísticas alarmantes da violência no estado, os homicídios a bala dominam. 

Conforme levantamento preliminar feito com base em dados disponibilizados ao longo dos meses pela secretaria de segurança pública e defesa social (SSPDS), só no mês de junho foram registrados, pelo menos, 440 assassinatos.

Nos seis primeiros meses do ano passado foram registradas 1.743 mortes violentas. A mudança nos números mostra que, quando comparado com igual período deste ano, houve um aumento aproximado de 30% nos casos. Só em maio, o mês mais violento dos últimos dois anos, aconteceram 471 assassinatos.

Elucidação - A SSPDS afirma que, apesar do alto número de cvlis, o Ceará tem um dos maiores índices de elucidação de homicídios do Brasil. Conforme a pasta, no estado, cerca de 23% dos assassinatos são elucidados. A média de resoluções no Brasil é de 8%.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.