POLICIAL

Homicídios aumentam 86,3% no mês de julho no Ceará


Os números da violência no Ceará continuam em ascensão.A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) registrou, no mês de julho deste ano, um aumento de 86,3% nos Crimes Violentos Letais Intencionais - que abrangem homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, em comparação a igual período do ano passado.

Em números absolutos, 475 morreram no Estado, no último mês. Em 2016 foram 255 mortes. O índice é o pior desde 2013.

Na última quinta-feira (10), por ocasião de uma reunião na SSPDS, o titular da pasta, André Costa, apresentou os números. OS dados mostram que a Região Metropolitana de Fortaleza teve o maior número de mortes em julho. A Capital também apresentou aumento nos crimes violentos, com 184 ocorrências contra 86 do ano passado.

No Interior Norte a violência também fez vítimas, passando de 53 homicídios em 2016 para 91 casos este ano. A única região a não apresentar aumento de Crimes Violentos foi o Interior Sul, com 65 mortes registradas tanto em julho do ano vigente, quanto em igual período de 2016.

No acumulado do ano, entre janeiro e julho, 2.774 pessoa foram mortas, o que representa um crescimento de 38,8% em relação a igual período de 2016, que somou 1.998 mortes.

Para o Titular da SSPDS, André Costa, o aumento dos índices pode ser justificado pela ausência de um Plano Nacional de Segurança e o avanço das facções criminosas.

Roubos

Com 5.673 casos no Estado, os registros de crimes violentos contra o patrimônio - roubo a pessoa, roubo de documentos - de julho deste ano superaram em 23,3% o total registrado em igual período de 2016. Os roubos de carga e à residências, além de roubo de veículos, cresceram 23,5%. Foram 1.105 ocorrências contra 895 roubos registrados em julho do ano passado.  

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.