POLICIAL

Violência: Quatro assassinatos registrados na região Centro Sul de sábado para domingo


No município de Saboeiro, o agricultor Antônio Cícero foi alvejado por um disparo de espingarda, tipo "soca soca", e morreu no local. 

O crime aconteceu por volta das 17h30, no sítio Caiçara, na zona rural de Saboeiro. Até o momento a polícia não tem pistas do assassino.

Mais violência

Em Iguatu, duas pessoas foram assassinadas na noite deste sábado (19), nos bairros Vila Neuma e Cohab II.

No bairro Via Neuma, por volta das 18h45, Cícero Paulino da Silva, de 37 anos, foi morto após ser atingido por diversos golpes de faca. O acusado, Marciano N. Oliveira, fugiu após cometer o delito.
Segundo informações, a dupla estava bebendo em um bar da localidade, quando iniciaram uma discussão que resultou na tragédia.

No bairro Cohab II, o jovem Carlos César Alves, de 17 anos, morreu após ser alvejado por um disparo de arma de fogo na cabeça.

Segundo informações da polícia, um homem não identificado, guiando uma motocicleta se aproximou da vítima e efetuou os disparos.

A polícia não conseguiu identificar o autor do homicídio. Somente este ano Iguatu já registra 16 homicídios.

Acopiara

Na cidade de Acopiara, Wagner Pedrosa Dimas, de 20 anos, sofreu vários disparos de arma de fogo, e morreu no local.

O crime aconteceu no início da madrugada deste domingo (20), por volta de 1h da manhã, nas proximidades da Vila Pedreiras. O autor do homicídio não foi identificado.

Também em Acopiara, foi registrada uma tentativa de homicídio a bala. O crime ocorreu na Rua 24 de Maio, no centro da cidade. A vítima, identificada por Silvana B. Silva, foi atingida por quatro disparos de arma de fogo, e foi socorrida em estado grave para o Hospital Regional de Iguatu. Os autores do crime não foram localizados.

Várzea Alegre

Na cidade de Várzea Alegre, no bairro Cruzeiro, a polícia registrou uma tentativa de homicídio contra Cícero A. Silva. Segundo populares, dois indivíduos em uma motocicleta e armados de revolver efetuaram dois disparos contra a vítima. Até o momento ninguém foi preso.  

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.