CIDADE

Suspensão dos recursos do Programa Minha Casa Minha Vida preocupa construtores de Iguatu

De acordo com informações, no Ceará o programa está suspenso há cerca de 10 dias. Foto: Honório Barbosa
Pequenos construtores e consumidores interessados no financiamento para aquisição da casa própria, por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida, estão bastante preocupados com a falta de liberação de recursos para a continuidade dos contratos. 

De acordo com informações, no Ceará o programa está suspenso há cerca de 10 dias. Na região Centro Sul, existe atualmente cerca de 30 contratos do programa em andamento, que representam um total de R$ 3 milhões e 50 pequenas construtoras em atividade.

O presidente da Associação dos Construtores da Região Centro Sul, Elenilton Lopes, disse que há uma mobilização nacional por meio da Federação Nacional das Pequenas Construtoras contra a decisão do governo federal em realizar cortes no programa.

Elenilton informa que, somente na cidade de Iguatu, em 2016, foi movimentado um montante de R$ 57 milhões em recursos do programa, gerando com isso tributos para o município da ordem de R$ 2 milhões. A atividade gera cerca de mil empregos diretos.

“Nós, pequenos construtores estamos preocupados, pois deverá haver paralisação dos serviços, gerando desemprego e perda de renda para milhares de famílias”, disse Elenilton Lopes. 

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.