POLICIAL

Mulher é presa com mais de 100 documentos falsos em Maranguape

Uma mulher foi detida pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), da Polícia Civil, com mais de 100 documentos de identificação falsos, no município de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), na última sexta-feira (20).


A prisão da estelionatária expôs uma quadrilha especializada em golpes nos saques de benefícios do Programa de Integração Social e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep). A Polícia procura por mais cinco integrantes do grupo criminoso.

Segundo o titular da DDF, delegado Jaime Paula Pessoa Linhares, a Polícia chegou a Maria Iana Bezerra de Sousa, 27, em sua residência, no bairro Novo Maranguape, a partir de informações obtidas e investigação. 

Com Maria Iana, a DDF apreendeu mais de 100 documentos de identificação (entre identidade e Carteira Nacional de Habilitação - CNH), cartões de crédito, cartões de loja e 24 comprovantes de saque do PIS/PASEP, cada um no valor de R$ 937, que totaliza R$ 22.488. Entretanto, a investigação aponta que os valores subtraídos pela organização criminosa sejam bem maiores.

A mulher presa irá responder aos crimes de estelionato, falsificação de documento público, falsificação de documento particular, uso de documento falso, falsidade ideológica e formação de quadrilha. Maria Iana esteve detida há um mês, por receptação, mas foi solta em uma audiência de custódia.

Marido da suspeita foi preso em Natal pelo mesmo golpe

O objetivo da diligência policial era também prender o marido dela, Franciedson da Silva Leite, entretanto, ao abordar a mulher, os policiais descobriram que o suspeito já estava detido há cerca de 20 dias em Natal, no Rio Grande do Norte, por ter tentado aplicar o mesmo golpe em uma agência da Caixa Econômica Federal.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.