REGIONAL

Mais de 1.800 motoristas paralisam Operação Carro-Pipa no Ceará


Mais de 1.800 carros-pipa cadastrados no programa emergencial de abastecimento d’água para comunidades rurais do Ceará, o Operação Carro-Pipa, do Governo Federal, paralisaram suas atividades no início da manhã desta segunda-feira (6).

Eles só retornarão às rotas após serem atendidos pelo comando geral da 10ª Região Militar do Exército Brasileiro, responsável pelo controle e fiscalização do serviço dos pipeiros no Ceará, informou o presidente do Sindicato dos Pipeiros do Estado do Ceará (Sinpece), Eduardo Aragão.

Pelos levantamentos do Sinpece, a adesão foi geral. Além dos 500 proprietários de caminhões-pipa cadastrados no Sindicato, outros 1.300 a 1.500 deixaram de circular nas rotas estabelecidas a partir dos diagnósticos levantados pelos conselhos de Defesa Civil dos municípios.

No Estado são mais de 20 mil rotas, estimam os pipeiros. Mais de 800 mil habitantes estão sendo prejudicados com a paralisação.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.