NACIONAL

Verba para prevenir dengue e zika é mal usada na maior parte do país


Levantamento da Controladoria Geral da União aponta que 20 estados mais o Distrito Federal não estão usando a verba para combater o mosquito Aedes Aegypti de maneira adequada.

O Governo Federal não recebeu informações de como esse dinheiro repassado foi gasto, mesmo depois que a Controladoria ter alertado sobre o mau uso da verba. Além disso, 280 milhões para o combate do mosquito não chegaram a ser utilizados pelos estados.

No ano passado a Controladoria Geral da União descobriu uma série de irregularidades, tais como inseticidas com data de validade vencidas, mau uso da verba pública, falta de campanhas. Na maioria dos casos não foi tomada nenhuma providência pelos auditores do órgão até o presente momento.

O Governo Federal não sabe quem desviou, quem foi omisso e nem onde o dinheiro que ele repassou foi usado de fato. Isso com base nas informações prestadas pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde. 

O Governo Federal diz que o número de casos das doenças provocadas pelo mosquito Aedes Aegypti diminuiu, mas segundo auditores, existem problemas também nos sistemas que fazem o acompanhamento epidemiológico das doenças, Dengue, Chikungunya e Zika.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.