REGIONAL

Ceará tem a quinta maior taxa de analfabetismo do país, segundo IBGE


A taxa de analfabetismo entre cearenses é de 15,2%, a quinta maior do país, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), divulgada nesta quinta-feira (21) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Entre os analfabetos, mais de um milhão de pessoas não sabem ler nem escrever. Os resultados apresentados têm como referência o segundo trimestre de 2016 e englobam pessoas com idade a partir de 15 anos.

Entre pessoas idosas, com 60 anos ou mais, o número sobe para 38,1%. De acordo com Hélder Rocha, supervisor de Documentação e Disseminação da Informação Unidade Estadual do IBGE no Ceará, quanto maior a faixa etária, maior o número de analfabetos. 

“Por uma questão de época histórica e acesso à educação, as gerações anteriores apresentam taxa de analfabetismo maior que as novas gerações”, explica.

Metas de redução

O Plano Nacional de Educação (PNE), instituído pela Lei n. 13.005/2014, estipulou como meta a redução da taxa de analfabetismo para 6,5% até 2015, e a erradicação, em 2024. 

No entanto, a Região Nordeste apresenta a maior taxa de analfabetismo (14,8%), quatro vezes maior do que as taxas estimadas para as Regiões Sudeste (3,8%) e Sul (3,6%). 

Na Região Norte, a taxa foi de 8,5% e no Centro-Oeste, 5,7%. A meta do PNE para 2015 só foi alcançada nas Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.