POLITICA

Deputada defende a censura para impor limites à sociedade


A deputada Silvana Oliveira (PMDB) repercutiu na tribuna da Assembleia Legislativa, recentemente, durante pronunciamento, um vídeo que circula na internet, mostrando um beijo entre crianças do mesmo sexo, enquanto proferem “termos pejorativos”. A parlamentar, que representa a religião evangélica na Casa e defende a instalação de uma Frente Parlamentar para Fiscalização da Ideologia de Gênero nas escolas públicas estaduais, rechaçou essa “falta de freio” na sociedade.

Silvana Oliveira criticou a “dormência” das autoridades diante desse “período de trevas”. Ela disse que vai lançar uma campanha, estimulando as crianças a se desenvolverem com inocência. Segundo ela, seria realizada uma semana de atividades nas escolas, para “refletir sobre os limites”.

“Estamos entregues à falta de lei, falta de freio, entendo que, daqui a pouco, vamos começar a sair nuas no meio da rua, como se fosse uma coisa banal, normal, como se a doida fosse eu. As crianças estão sendo vituperadas e vou lançar uma campanha com a temática “deixando a criança ser criança”. Vamos permitir as nossas crianças usufruírem de sua própria biologia, da natureza que Deus entregou pra elas. Vemos, agora, crianças que, literalmente, não sabem a ordem do que ela pode brincar, porque, agora, temos que dizer que tudo é permitido. Um menino só é menino até o dia que ele quiser”.

Silvana Oliveira voltou a falar sobre censura na tribuna da Casa, que ela acredita ser necessária, neste momento, para impor limites à sociedade. “A deputada luta por censura? Essa palavra tá cada vez mais próxima de nós, a gente precisa clamar por censura. A censura, na realidade, é necessária para pôr limites. Do jeito que a sociedade tá arrumada, ou damos limites, lei, censura, ou vamos ficar reféns do mundo virtual que aprisiona nossas crianças”.

Ao final de seu discurso, Silvana Oliveira estimulou, ainda, os pais a colocarem seus filhos em escolas bíblicas. “Já profetizei, na tribuna desta Casa, que a Igreja nunca teve um crescimento como teve nos últimos tempos, exatamente, por causa dessas afrontas virtuais. O número de crianças matriculadas nas escolas dominicais duplicou. Matriculem seus filhos na escola bíblica”.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.