POLITICA

Eunício nega que tenha prometido a Temer votar reforma da Previdência este ano


O presidente do Senado, Eunício Oliveira, negou nesta terça-feira (5) que tenha garantido ao presidente Michel Temer que colocaria em votação a reforma da Previdência antes do fim do ano caso ela fosse aprovada pela Câmara dos Deputados. A informação foi veiculada na imprensa no início desta semana e, segundo Eunício, é improcedente.

– Eu não prometi isso ao presidente. Eu não estava em nenhuma reunião; fui para o Ceará na quinta-feira e voltei ontem [segunda-feira]. Não houve nenhum tipo de promessa – disse o senador.

Eunício disse que não há mais tempo para concluir a reforma ainda em 2017, mesmo que ela chegue ao Senado, uma vez que se trata de uma proposta de emenda constitucional que precisaria passar por dois turnos de votação, com várias etapas de discussão antes de cada um e intervalo de cinco sessões entre eles. Ela também deverá passar pelas comissões temáticas, lembrou.

Além disso, o presidente do Senado afirmou que não pode se antecipar à decisão da Câmara sobre o tema.

– A matéria está na Câmara. Eu não posso pautar uma matéria que não está aqui. Enquanto a Câmara não votar, eu não tenho nem sequer como pensar em pauta-la, não posso discutir quando ela vai ser ou não votada. Não sei nem se a Câmara vai votar – acresentou.

Sobre a possibilidade de votar a reforma da Previdência já no início de 2018, em fevereiro, o presidente do Senado disse que ainda não é possível estimar.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.