NACIONAL

Piso salarial de professores de nível médio terá reajuste de 6,81% em 2018


O piso salarial do magistério será reajustado para 6,81% em 2018 - três pontos percentuais acima da inflação prevista para este ano. Com isso, a remuneração mínima de um professor de nível médio, com jornada de 40 horas, será de R$ 2.455. 

O reajuste depende do aumento do Valor Anual por Aluno, estimado pelo FUNDEB - o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica. Em 2017 cada estudante da rede pública custou, em média, R$ 2.875. 

O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, Heleno Araújo, disse que percentual ficou dentro do previsto, mas ainda está longe de ser o ideal. "O percentual não possibilita alcançar a meta 17 da lei do Plano Nacional da Educação. Ela diz que até 2020, o salário médio dos professores tem que ser equivalente ao salário médios dos outros profissionais com a mesma formação. Pelos levantamentos feitos o professore recebe 52% dessa média salarial, então ficamos muito distantes para alcançar essa meta em 2020", destacou.

O recurso para bancar esses reajuste sai, em sua maioria, do caixa dos estados e municípios, já que a União ajuda somente nove estados do país. 

A consultora em Educação da Confederação Nacional dos Municípios, Marisa Abreu, entende a importância do aumento, mas explica que esse valor é desproporcional aos recursos municipais. "O reajuste do piso está definido na lei com critério de reajuste acima da inflação e acima do crescimento do Fundeb. Então o impacto nas finanças estaduais e municipais é muito grande", disse.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.