CIDADE

Agente do Demutran de Iguatu é flagrado em carroceria de veículo puxando uma carroça


Repercutem na imprensa do Ceará (TV e sites), e nas redes sociais, as cenas de uma viatura do Departamento Municipal de Trânsito de Iguatu rebocando um animal acoplado em uma carroça. O fato aconteceu na manhã desta terça-feira (27), no centro comercial de Iguatu.

O vídeo, que chegou a render mais de 45 mil visualizações, foi postado por um internauta no seu perfil pessoal do Facebook, mas por volta das 20 horas foi deletado da rede social. Mesmo tendo sido apagado, muitos outros perfis publicaram o mesmo conteúdo de forma individualizada.  

A cena é inusitada e absurda, pois afinal, o animal foi submetido a maus tratos, pelo fato de ser praticamente arrastado por um veículo automotor, amarrado por uma corda, nas ruas do centro da cidade.

De acordo com artigo 32 da Lei de Crimes Ambientes (Lei Federal mº 9.605/1998), praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos é crime, com pena de detenção de três meses a um ano.

O infrator também é multado administrativamente, em valores que variam de R$ 500 a R$ 3 mil por animal maltratado.

Outro fato gravíssimo que chamou atenção da população foi a atitude do agente de trânsito, que subiu na carroceria da camionete para segurar a corda na qual se encontrava amarrado o animal. 
De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), art. 230 transportar passageiro em compartimento de carga é considerada infração gravíssima, com punição de 7 pontos na carteira de habilitação e multa.

O animal, juntamente com a carroça foram liberados depois da ampla repercussão. O secretário de Trânsito do Município, compartilhou um áudio nos grupos de WhatsApp pedindo desculpas à população pelo ocorrido.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.