POLITICA

Pesquisa Ipsos: 57% consideram Lula culpado; 95% querem Lava Jato continuando


A maioria da população brasileira (57%) considera que o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, preso e condenado na Operação Lava Jato, é culpado dos crimes atribuídos a ele. O País, porém, está rachado em relação à prisão do petista: 50% são a favor e 46% são contra. Os dados são de pesquisa do instituto Ipsos.

Conforme o levantamento, a quase totalidade da população (95%) acha que as investigações da Lava Jato devem continuar após a prisão do ex-presidente. Mas há dúvidas sobre a abrangência das mesmas.

Para 52% dos entrevistados, não é correto afirmar que "a Lava Jato está investigando todos os políticos". Outros 41% estão de acordo com essa avaliação.

A percepção de que "a Lava Jato está investigando todos os partidos" atingiu o mínimo histórico da série de pesquisas Ipsos no fim de semana da prisão de Lula. Apenas 43% dos eleitores manifestaram concordância com a frase, e 47% disseram o contrário.

O levantamento mostra que, mesmo com a convicção majoritária da culpa do petista, existe uma forte percepção de que "os poderosos querem tirar Lula da eleição": 73% concordam com essa afirmação, e 23% discordam.

A maioria (55%) também concorda com a avaliação de que "a Lava Jato faz perseguição política contra Lula". Outros 41% discordam.

Em relação à afirmação de que "a Lava Jato está mostrando que Lula é mais corrupto que os outros políticos", aparece uma nova divisão: 51% discordam, e 44% concordam.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.