REGIONAL

Polícia Federal desarticula quadrilha que fraudou mais de R$ 4 milhões dos cofres do INSS

Uma quadrilha que fraudou mais de R$ 4 milhões dos cofres do Instituto Nacional do Seguro Social, em Fortaleza e na Região Metropolitana, foi desarticulada pela Polícia Federal, durante a Operação Espectro, realizada na quinta-feira (19). Cinco pessoas foram presas por mandados judiciais e outros dois suspeitos estão foragidos.

Foram quatro mandados de prisão preventiva, um mandado de prisão temporária e 14 mandados de busca e apreensão. Um alvo da investigação também foi detido em flagrante, pela posse de petrechos para falsificação de documentos. Cerca de 70 policiais federais participaram das diligências. 

O alvo da organização criminosa era os benefícios assistenciais aos idosos, previstos na Lei Orgânica da Assistência Social (Loas). O grupo atuava principalmente na Capital, em Caucaia e em São Gonçalo do Amarante.

Segundo a Polícia Federal, a fraude consiste na criação de pessoas fictícias, que recebiam um benefício assistencial para idosos. Elas se espalhavam de forma exponencial, porque eram criadas identidades falsas, e cada pessoa verdadeira que comparecia ao INSS conseguia ter várias identidades.

A Polícia Federal não divulgou o nome dos presos, mas revelou que alguns deles possuem Ensino Superior e que uma célula da organização criminosa é composta por uma família, tendo os pais passado o comportamento delituoso para os filhos.



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.