CIDADE

Secretário de Saúde de Iguatu ameaça processar internauta por críticas em rede social


O secretário de saúde de Iguatu, Marcelo Sobreira (PDT), numa atitude de falta de preparo para o cargo que ocupa, utilizou a rede social Facebook para ameaçar de processo uma internauta que fez um comentário sobre a falta de medicamentos na Unidade de Pronto Atendimento de Iguatu (UPA).

A internauta Geórgia Bezerra, usando o seu perfil pessoal postou que um paciente teria dado entrada no setor de emergência da UPA de Iguatu, e depois teria entrado em óbito por falta de medicamentos na unidade de saúde.

O secretário Marcelo Sobreira viu a postagem e comentou: "Geórgia. Aguarde que esta conta a justiça vai cobrar cara de vc.", escreveu. Convém salientar que Sobreira é pai do vice-prefeito de Iguatu, Marcos Sobreira, que também é pré-candidato a deputado estadual.

Não é de agora que a atual gestão municipal ameaça processar internautas que denunciam os descasos diários que vem acontecendo no âmbito da administração pública. No ano passado, durante entrevista para emissora de rádio local, o prefeito Ednaldo Lavor também ameaçou processar internautas e servidores públicos que ousassem denegrir a imagem da sua gestão.

A política de Iguatu retroagiu aos tempos do "coronelismo", sistema que vigorou no final do século 19 até o início do século 20, em que prevalecia o sistema opressivo, a lei da mordaça, além das ameaças veladas a todos quanto se insurgissem contra o sistema político da época.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.