REGIONAL

Justiça decide que prefeito de Saboeiro deve permanecer afastado do cargo


O Tribunal de Justiça do Ceará (TJ/CE) negou, mais uma vez, o retorno de José Gotardo dos Santos Martins, à Prefeitura de Saboeiro. Gotardo está afastado do cargo desde junho de 2017 por improbidade administrativa.

De acordo com denúncia do Ministério Público, o prefeito e mais 27 pessoas, entre secretários municipais e empresários, cometeram improbidade administrativa durante a gestão à frente da Prefeitura de Saboeiro.

Entre as irregularidades apontadas pelo Ministério Público estão a contratação de serviços e fornecimento de combustíveis sem licitação; nomeação de servidores fantasmas e de pessoas em razão de parentesco e amizade com o prefeito; sucateamento da frota de carros e abusos na locação de veículos.

Em razão disso, o juízo da Vara Única de Saboeiro deferiu os pedidos e determinou o afastamento do gestor por 180 dias. Ao julgar o processo, o colegiado da 3ª Câmara de Direito Público negou o pedido, acompanhando à unanimidade o voto do relator.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.