NACIONAL

Doença pulmonar está entre as principais causas de óbito


O Brasil comemora nesta segunda-feira (1°) o Dia Nacional do Idoso, data para refletir sobre os principais obstáculos desta fase da vida, entre eles, cuidados com a disposição física e mental. A grande incidência da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), bem como as mortes atribuídas à enfermidade, faz com que a doença seja considerada um desafio para a saúde pública. Nos últimos anos, houve um crescimento de 65% de óbitos em decorrência da DPOC na América Latina. 

A associação da doença ao envelhecimento está relacionada à prevalência da DPOC, que é de 15,8% a partir dos 40 anos no Brasil. Este número cresce de acordo com a idade, podendo chegar a 25,7% para pessoas com 60 anos ou mais. 

O crescente envelhecimento da população brasileira indica que a doença tem potencial para ser uma das principais causas de mortalidade no País. Segundo a Associação Brasileira de Portadores de DPOC, em dois anos a enfermidade será a terceira causa de mortes no mundo.

Os principais sintomas de DPOC são falta de ar, tosse crônica, produção de muco e dificuldade em realizar atividade física. Apesar de não ter cura, é possível amenizar os sintomas da enfermidade e contribuir para uma melhor qualidade de vida do paciente por meio de tratamentos específicos.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.