CIDADE

Iguatu entre os municípios cearenses que menos investiu em saúde em 2017

O Hospital Regional de Iguatu funciona de forma precária
Levantamento divulgado nesta segunda-feira (21) pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) revela que cerca de 2.800 municípios brasileiros gastaram menos de R$ 403,37 na saúde de cada habitante durante o ano de 2017.

A análise mostra que esse foi o valor médio aplicado por gestores municipais com recursos próprios em ações e Serviços Públicos de Saúde declarados no Sistema de Informações sobre os Orçamentos Públicos em Saúde (Siops).

Os municípios das regiões Sul e Sudeste foram os que apresentaram maior participação no financiamento do gasto público em saúde - consequência, segundo o CFM, de sua maior capacidade de arrecadação.

Iguatu

Em 2017, Iguatu, que conta com uma população de 102.614 habitantes, gastou 167,36 em média por habitante, segundo o documento. O valor é inferior ao que foi gasto em 2013, na gestão do ex-prefeito Aderilo Alcântara, quando o município investiu 203,38.

No Estado do Ceará, o menor gasto foi da Prefeitura de Mauriti, que investiu apenas 111,61, o menor valor dos últimos quatro anos. A população do município é de 46.548 pessoas. Já o município que investiu mais foi Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza, com 846,48. Sua população é de 52.667 habitantes.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.