NACIONAL

Presidente da CNI é preso em operação contra corrupção em contratos do Sistema S


O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, foi preso na manhã de ontem (terça-feira), durante operação da Polícia Federal que apura corrupção em contratos entre um grupo empresarial e entidades do Sistema S e do Ministério do Turismo.

Além de Robson Andrade, o empresário Luiz Otávio Gomes Vieira da Silva também foi preso. Ele já havia sido preso em outra operação da PF, em 2013. Também foram presos os presidentes das Federações das Indústrias dos estados de Pernambuco, Alagoas e Paraíba.

Segundo informações da Polícia Federal, um grupo de empresas, sob o controle de um mesmo núcleo familiar, atuava desde 2002 executando contratos firmados por meio de convênios com o Ministério do Turismo e entidades para estatais do intitulado Sistema S. Estima-se que o grupo já tenha recebido mais de R$ 400 milhões decorrentes desses contratos.

Os contratos fraudulentos eram, em sua maioria, voltados à execução de eventos culturais e de publicidade superfaturados e com execução parcial, sendo os recursos posteriormente desviados em favor do núcleo empresarial por intermédio de empresas de fachada.


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.