REGIONAL

Ministério Público na mira dos "picaretas" acusados de extorquir empresas em licitações do Cariri


O Ministério Público do Ceará (MPCE) vem recebendo constantes denúncias das Prefeituras e Câmaras Municipais do interior do estado, em relação ao grande número de empresas picaretas durante a realização das licitações.

Segundo os pregoeiros, essas empresas estão presentes em todas as modalidades ofertadas nas licitações, mas, a maioria participa apenas para extorquir aquelas que têm condições de ganhar e realizar os serviços. Geralmente, os proprietários dessas empresas chegam nas licitações com os envelopes lacrados, sempre a procura de "conversar".

Em recente licitação para o transporte escolar numa prefeitura da região do Cariri, 70 empresas estiveram presentes, 60 delas não teriam estrutura necessária, mas teriam exigido dinheiro para desistirem da disputa. Caso ninguém aceite as exigências, eles ameaçam denunciar e ou atrapalhar a licitação, apresentando recursos. Segundo os pregoeiros, as licitações no interior do Ceará estão prostituídas, diante da grande quantidade de empresas picaretas. 



Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.