POLICIAL

Acusado de agressão contra travesti presta depoimento na delegacia de Iguatu

Imagens: TV Verdes Mares Cariri
Prestou depoimento na delegacia de Polícia Civil de Iguatu, na manhã desta segunda-feira (17), Luiz Alves Barreto Neto, de 39 anos, acusado de agressão física dolosa contra o travesti Fabrícia de Oliveira (Erick Oliveira). 

O fato ocorreu na noite de quarta-feira (12), na esquina da Avenida Perimetral com a Rua Alfredo Gondim, em Iguatu, e foi flagrado por uma mulher que passava pelo local que inclusive filmou e compartilhou as imagens nas redes sociais.

Segundo o delegado de Polícia Civil, Wesley Alves, em seu depoimento, o acusado negou as acusações e relatou que não houve nenhum tipo de relacionamento sexual, mas que pelo fato de ser usuário de droga, teria procurado a Fabrícia para tentar obter o produto.

Ele disse ainda que colocou a vítima em seu veículo e saiu para buscar o entorpecente, e que, depois de desentendimentos, teria entrado em luta corporal com a Fabrícia.

No depoimento da Fabrícia de Oliveira, ela conta que foi procurada pelo cliente que já era conhecido dela e os dois teriam saído para um programa sexual, e em seguida retornaram para o local onde a travesti costuma ficar à espera de clientes.

Ao retornar, a vítima contou que o cliente mudou de atitude e que ele parou antes e não queria pagar o programa. Fabrícia Oliveira disse então que tirou a chave do carro, quando passou a ser agredida pelo suspeito.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu.





Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.