NACIONAL

Número de mortos por dengue cresce no Brasil


O Ministério da Saúde registrou, até junho deste ano, 366 mortes em decorrência da dengue em todo o Brasil, um aumento de 163%, se comparado ao mesmo período do ano passado. Outros 453 óbitos estão sob investigação.

Segundo o último boletim epidemiológico, divulgado nesta segunda-feira, há 596,38 mil casos confirmados da doença no país, além de 1.127 milhão de casos prováveis. Em 2018, eram 170.628 casos prováveis,  um acréscimo de 560% em 2019. 

De acordo com Rodrigo Sardi, coordenador-geral de Vigilância das Arboviroses, a explicação para o salto nos números está em uma uma mudança no padrão do sorotipo predominante da dengue no país no ano passado, associada a chuvas e verão intensos.

— Circulava no país o vírus tipo 1 e tipo 4. Quando a população estava protegida porque já tinha adquirido esses tipos, passou a circular neste ano o tipo 2, responsável pela epidemia de 2008. O surto de 2019 se relaciona a condições ambientais somadas a uma grande quantidade de pessoas não imunes à ocorrência do sorotipo 2.

As regiões Sudeste e Centro-Oeste têm a maior incidência de dengue este ano: 920 casos a cada 100 mil habitantes e 908 casos a cada 100 mil habitantes, respectivamente. Minas Gerais lidera o ranking dos estados, com 1.084 casos a cada 100 mil habitantes, seguido por Goiás (1.230 casos/100 mil habitantes) e Mato Grosso do Sul (1.164 casos/100 mil habitantes).


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.