POLICIAL

Câmara afasta prefeito de Uruburetama do cargo


A Câmara Municipal de Uruburetama se reuniu na noite desta segunda-feira (15), e decidiu afastar do cargo por 90 dias o prefeito José Hilson de Paiva (PCdoB). A decisão foi por unanimidade entre os nove vereadores presentes. O vice-prefeito Artur Wagner Vasconcelos deve assumir o posto enquanto houver o afastamento do titular. Logo após a confirmação do afastamento, a população comemorou.

José Wilson é acusado de ter abusado sexualmente de pelo menso 17 mulheres. O caso já havia sido denunciado no início de 2018, no entanto, somente ganhou repercussão, após uma reportagem do programa Fantástico, da Rede Globo de Televisão, neste domingo (14).

Segundo a reportagem, entre os anos de 2009 e 2012, foram feitos pelo médico 63 vídeos com, pelo menos 23 mulheres, além de dezenas de fotos de partes íntimas de pacientes tiradas pelo ginecologista durante exames em Uruburetama e Cruz.

Em 46 gravações, José Hilson realizava atendimentos invasivos e com clara conotação sexual. Um dos vídeos veiculados mostra, inclusive, cenas em VHS, deixando claro que a prática era antiga. Em muitos casos, a violência ocorria sem que a paciente percebesse a violência.

Em nota, o PC do B, partido no qual o prefeito é filiado, anunciou a expulsão de José Hilson, e repudiou os atos que afrontam a dignidade humana cometidos pelo gestor. Figura histórica do partido, Carlos Augusto Diógenes, "O Patinhas", informou que o partido já havia iniciado o processo de expulsão do prefeito desde o início das denúncias. "Eu defendo que ele seja afastado. O partido, inclusive, já tinha tomado medida para afastamento dele", disse Patinhas. 


Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.