NACIONAL

Governo vai empregar R$ 147,3 bilhões para reduzir impactos do coronavírus na economia


O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou nesta segunda-feira (16) mais medidas para reduzir o impacto negativo do coronavírus na economia.

De acordo com o governo, serão empregados R$ 147,3 bilhões em medidas consideradas emergenciais para dar suporte a setores da economia e grupos de cidadãos mais vulneráveis.

Segundo o ministro, a maior parte dos recursos vem de remanejamentos, de linhas de crédito e de antecipações de gastos, sem comprometer o espaço fiscal no Orçamento.

Conforme Guedes, até R$ 83,4 bilhões será aplicado em ações para a população mais vulnerável, até R$ 59,4 bilhões para a manutenção de empregos e pelo menos R$ 4,5 bilhões para o combate direto à pandemia.

Entre as novas medidas estão a antecipação da segunda parcela do 13º de aposentados e pensionistas do INSS para maio. São mais R$ 23 bilhões.

Há ainda a antecipação do abono salarial para junho, com valor total de R$ 12,8 bilhões. Haverá também reforço do Programa Bolsa Família, com o acréscimo de mais 1 milhão de beneficiários e impacto de pelo menos R$ 3,1 bilhões.

Sobre Luiz Vasconcelos

0 comentários :

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.